Perdão [Escrito em 21/02/08]

O maior erro do ser humano é querer vingar-se por suas mãos. A vida é feita de momentos bons, mas também de ruins e são exatamente os ruins que mais nos fazem crescer, já que os bons trazem alívio que nos deixam acomodados com a bonança. Momentos bons, trazem enlevo de espirito dando um gostinho especial de que é bom viver. Mas o que seria a vida sem as decepções e tudo o mais? Com o que nos fortaleceríamos? Como nos prepararíamos sem a adversidade?

Deus é muito sábio e, assim como há o inverno e outono para a planta se fortalecer, há dificuldades para crescermos. Não nos é licita a incubência de julgar o próximo, menos ainda tomar a vingança para si mesmo.

Se alguém magoou, perdoa-lhe, se bateu na face ofereça a outra [Mateus 5.38-48], no caso Jesus estava referindo-se a nada dizer, pois para o homo sapiens não existe maior ofensa do que levar um tapa no rosto e não dizer nada, seria como se levasse um tapa na outra face, porém Jesus foi mas além, já que o tapa na face é considerado a maior ofensa que alguém pode cometer contra outro. Refletindo ainda mais, você perceberá que nesta ordem está implícita a ordenança amar - existe algo mais difícil, ou até mesmo, doloroso que isso?


Ainda que alguém lhe ofenda da pior forma, não diga nada! Não há como não ficar magoado, triste, até mesmo colérico - se dissesse a você que não pode ter esse tipo de idéia estaria sendo hipócrita - realmente a raiva não é um bom sentimentos, mas eles fazem parte da natureza humana. O que não pode acontecer é querer fazer justiça com as próprias mãos, pois Deus diz que dEle e somente dEle é a vingança [Deuteronômio 32:35 e Hebreus 10:30].

Como Ele é justo saberá proceder da melhor forma.

Também cometemos muitos erros, por essa razão que não temos legalidade para atuar como juízes, nossos erros não o permitem. O fato é que não é fácil, mas que adiantara a justiça por nossas mãos?

O mundo é tão injusto, que se fossê-mos fazer justiça a tudo que nos sucede já não estaríamos mais aqui. Quando se não perdoa a alguém, os malefícios do ato acometerão ao que guarda a mágoa e não a quem é a causa da raiva. Pois quem comete a transgressão geralmente não lembra mais, entretanto quem não perdoa revive a cada dia, instante ou momento, a mesma dor que sofreu no tal acontecido. "É por isso que há muitos fracos e doentes e muitos que dormem." [1 Coríntios 11:30]

Muitos tem depressões e todos tipos de problemas emocionais devido a isso, problemas gastrointestinal, pressão alta, outros ainda queda de cabelo e até mesmo câncer - fato este comprovado recentemente.

O peso de não perdoar alguém quem carrega é você mesmo e não a pessoa que lhe ofendeu. Se está dificil para você perdoar lembre-se que por vezes também somos causadores de muitas ofensas, muitas nem tomamos conhecimento, para nós pode não ter sido nada demais, mas não para quem foi dirigida a brincadeira/ofença. Agora pense como seria se Deus agisse energicamente contigo da mesma forma com que você tem agido com seus opressores?!

Como mamãe costuma dizer "Pimenta nos olhos alheios é refrescante", mas e se fosse em seus olhos? Somos tão hipócritas de orar: 'Perdoa-nos assim como perdoamos quem nos ofendeu', porém o que realmente queremos é a morte do ofensor. De que perdão nos mostramos dignos?!

Que diferença fazemos? A que Deus servimos? Um Deus de ódio ou um de Justiça? Deus não só contempla as nossas tristezas, mas também as que causamos e Ele perdoa na medida em que liberamos perdão [Mateus 25.21-35].

E alguém que não perdoa não consegue saber do bem do ofensor, quer sempre vê-lo desgraçado, mas quem acaba na tal situação é a própria pessoa, pois Deus nos dá o livre arbítrio: Se você decide deixá-lo agir Ele faz, porém se você mesmo quer vingar-se Ele não interfere e deixa você ser "justo" na sua cega ótica humana.

Se hoje escrevo isso é porque também já participei dessas dores e sei muito bem o mal que trazem, escrevo para que possa ajudar alguém que de repente tenha parado pra ver esse blog, tendo paciência pra ler essa missiva até o fim.

Isto não é pura filosofia, mas sabedoria concedida por Deus, revelada por Jesus e entregue pelo Espírito Santo aos homens!

Aceite isso, porque não é minha verdade, mas a Verdade de Deus, eu apenas pude enxerga-lá e tenho a honra em transmití-la. Espero ter ajudado em algo e mais uma vez agradeço a Deus por ter aprendido a errar um pouco menos.

A quem me ofendeu: Deus tem tua vida em Suas mãos.
Quanto a quem ofendi: Peço perdão, principalmente pelas vezes em que tentei devolver a ofensa.



Ósculos e amplexes,

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 Segredos da oração

Desconhecido ante a mim

A maldade em mim