Da utilidade de tecnoligia espacial

Não consigo conceber a ideia - portanto não há como compreendê-la - de como o Governo Federal, a elite burguesa e o Ministério das Ciências e Tecnologia detentores de todo conhecimento, insistem em querer alcançar algo tão astronômico quanto a propulsão de um projétil na via Láctea.

Como podem crer tão infantemente que poderão possuir alta tecnologia em mãos?

Isso é uma algo muito perigoso e complicada demais, lógico que o Titio não permitiria isso.



Uma coisa é certa que, se uma criança arrebatada por devaneio causado pela expectação e ânsia do novo brinquedo que possui, esquecerá totalmente do mundo real, dando atenção apenas a seu brinquedo - o que não é nada seguro - pergunto: O que o Tio em sã consciência deveria fazer - sem prejudicar seu "mundo" - para que percebesse isso de uma forma muito rápida e ao mesmo tempo didática, até a que pobre e indefesa criatura voltasse a si de seu erro?

Por que então insistir?

É bom abrir bem os olhos o mais breve possível, esses lindos olhos verdes, já que não adianta ficar insistindo - ainda que fechar os olhos seja ser feliz - é melhor calar os sentimentos do que manisfestá-los pra que não se viva uma vida de ilusões.

Antes que o Titio perca a calma - porque tudo tem limite - e comece a ficar séria a história partindo pra as agressões, psico-físicas-compulsivo-deformativas, os tão conhecidos tapinhas que muitas vezes fogem do controle e, ao invés de aplicar uma correção acabam por espancar devido a circunstância de irritação. Se já não é fácil apanhar dos pais, quanto mais de um "Tio-drasto".

Abrindo um parentese imenso nesta crônica de 2004 quero deixar a pergunta: E aí, o que aconteceu mesmo!? Foi ou não sabotagem?! Desistiram de vez da missão espacial?
Se foi sabotagem não tenho duvidas quanto a autoria e, sim, creio que foi sabotagem.

Fiz questão de publicar está velha crônica irônico-metafórica para fazer-lhes pensar por fora da mídia.

Crônica escrita em 03/10/2004, bem quando foi noticiada o tão grande avanço tecnológico espacial do Brasil, que possuía um foguete e do acidente que houve, sem uma devida explicação, que até hoje não foi esclarecida corretamente, porém ficou no ar a dúvida se houve ou não sabotagem no que seria a primeira missão espacial brasileira, o piloto acabou indo pro espaço, duplamente-literal, mas foi de uma missão saída dos EUA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 Segredos da oração

Desconhecido ante a mim

A maldade em mim