Postagens

Mostrando postagens de Outubro 13, 2010

A verdade por trás da fábula da Cigarra e a Formiga

Imagem
Verão, sol de 40º encontrava-se majestosamente no céu totalmente acomodado, em atividade em seu maior pico, que é comumente conhecido por ser a metade do dia - e também o período de tempo, onde se agrega 60 minutos, mais quente de todo o resto do dia.
Lá no céu o sol continuava a arder em seu domínio, fazendo com que nada pudesse fugir de seu alcance, o dia estava realmente perfeito para ser curtido debaixo de uma sobra refrescante, tomando-se um refresco e ouvindo uma boa música. Realmente era o que fazia a Cigarra, enquanto todos no formigueiro trabalhavam debaixo daquele escaldante sol, o suor escorria-lhes pela fronte enquanto carregavam folhas que chegavam a pesar até cinqüenta vezes mais que seu peso, algumas arrastavam peso 30 vezes maior e outros ainda levavam um peso 100 vezes maior que o seu, mesmo sendo os insetos com o maior cérebro em relação ao tamanho do corpo, preferiam labutar dia após dia debaixo do sol que lhes bronzeavam ainda mais.

Existe um pote de ouro no final da dor?

Imagem
O que sou hoje, é a soma resultante de tudo que passei, tudo que vivi, escolhas feitas (boas ou más), tudo isso fez de mim o que hoje sou. Não há como olhar simploriamente para trás como se os momentos ruins não tivessem existido, como se não tivesse pagado caro pelas minhas péssimas escolhas, como se ninguém jamais me houvesse machucado ou nunca houvesse chorado por amor. Não dá para fingir que nunca cuspiram-me a face, que jamais fui humilhado, caluniado ou traído, até porque também errei com muitas pessoas.
O passado as vezes traz momentos ruins que não queremos lembrar, mas não adianta jogar tudo pro alto e fingir que o corte não sangrou, que não sentiu aquela dor quando rasgou-se o coração. Momentos ruins existem e perseguem a todos, eu não serei exceção, então creio que você também não seja. Se viver fosse fácil qual seria a graça? Pense em quantas pessoas que já ganharam fortuna na loteria e perderam tudo da mesma forma que ganharam. Viver é conquistar - e as vezes tem-se de u…