Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 25, 2010

Depois de acender a luz

Imagem
By George
Não aprendi dizer adeus. Talvez seja sertanejo demais pra você, mas pra mim é a pura verdade. E pode apostar que não vou me acostumar. Mas diferentemente deles, tenho tanto pra dizer que o silêncio nunca será o bastante. Talvez algumas palavras fujam, talvez eu as oculte propositalmente. Nesse balanço vocabular espero me fazer entender.
Lembra quando eu tentei te convencer que “O Lutador” era um bom filme? Talvez pra você só tenha representado uma discussão de gosto, superficial e idiota como tantas outras. Mas pra mim era algo maior. Era uma discussão sobre nós dois. Sobre o quanto a gente poderia compartilhar. O quanto era dar e receber. Várias diferenças poderiam passar. Mas aquele ponto era crucial. Não que eu o achasse um ótimo filme, não que eu achasse merecido qualquer Oscar. Eu só queria saber de nós dois. Por isso o defendi tão vigorosamente. Mas a gente perdeu.